Álcool ou gasolina: qual é a melhor escolha?

Mesmo com mais de 20 anos do início da comercialização de carros com motor flex, isto é, que aceitam álcool ou gasolina, nem sempre conseguimos encarar a bomba de combustível com a certeza da escolha: E aí, vai de álcool ou gasolina? Hoje vamos acabar com a sua dúvida!

Com a constante mudança no preço dos combustíveis, é sempre uma boa ideia escolher o que rode mais pelo menor preço. Isso garante que o bolso sofra menos no final do mês

O rendimento de 70%

A conta necessária para saber qual combustível é o mais vantajoso, álcool ou gasolina, é feita de maneira simples. Nesse sentido, basta pensar que o álcool rende apenas 70% da mesma quantidade de gasolina. Essa conta leva em consideração os números apresentados pelo Inmetro, que afirmam tal percentual de 70% versus 30% na comparação.

Nesse cenário, quando o preço do álcool é pelo menos 30% inferior ao preço da gasolina, é mais vantajoso abastecer com ele. Para calcular nesse sistema devemos dividir o preço da bomba do álcool pelo preço da gasolina. Se de tal divisão o resultado for menor ou igual a 0,7 devemos escolher o álcool. Caso o valor seja maior que 0,7 o ideal é abastecer com gasolina.

Em uma situação hipotética, onde a gasolina custa R$5,78 e o álcool R$4,11, o resultado da conta em questão é 0,71, valor este que nos demonstra a vantagem em abastecer com gasolina pois o número foi superior a 0,7, ainda que por uma pequena margem.

Acerte na escolha!

Vale lembrar que o rendimento de 70% é um cálculo genérico. Assim, não leva em consideração vários aspectos, como a condição de manutenção do seu veículo, qualidade do combustível abastecido, qual a sua maneira de dirigir, a taxa de compressão do motor, entre outros. Por essa razão, a melhor forma para ter certeza na escolha é realizar um teste com o seu próprio veículo.

Esse teste deve ser feito abastecendo pelo menos duas vezes com cada combustível, em uma litragem determinada, devendo ser anotado quantos quilômetros foram rodados com cada combustível. Os carros mais modernos e com computador de bordo já conseguem fazer esse cálculo diretamente para você.

Para essa nova conta precisamos do número do desempenho de cada combustível, em sua média. Se o seu veículo faz 11,5km/l no álcool e 14,5km/l na gasolina, você pode dividir 11,5 por 14,5, que é igual a 0,79 ou 79%. Esse valor final será utilizado para calcular com precisão qual combustível é mais vantajoso e acertar na escolha. Lembrando que, ao chegar na bomba, basta dividir o preço do litro do álcool pelo valor do litro da gasolina.

Por que existe diferença no rendimento?

O diferencial no rendimento entre álcool e gasolina se dá em razão da queima do combustível no motor. Nesse sentido, o álcool, quando utilizado como combustível para veículos, tem uma densidade energética menor em relação à gasolina. Ou seja, a mesma quantidade de etanol gera menos energia quando queimado pelo motor do que a gasolina.

Essa diferença entre os combustíveis já existe pela natureza distinta dos líquidos. Então, quando aliadas com os preços diferentes dos combustíveis e em constante mudança nos postos, essa diferença deixa o cálculo realmente mais complicado.

Se ao final das contas o valor do seu quilômetro rodado ainda estiver muito alto, independentemente de qual combustível foi usado, recomendamos que você veja outras dicas para economizar combustível!
Converse com nossa equipe para te auxiliar na escolha do veículo mais econômico para você, sua família ou empresa. Nosso showroom está repleto de opções!

Share: