De olho nos pneus! Conheça os riscos de não fazer a troca

Todo motorista sabe que quando os pneus estão desgastados, os famosos pneus “carecas”, existe o aumento da possibilidade de acidentes de trânsito. Porém, na correria do dia a dia, a troca de pneus muitas vezes é negligenciada. Por isso, vamos conhecer ou relembrar os riscos de não realizar a necessária troca dos pneus para que todos entendam a importância dela.

Antes de tudo é crucial ressaltar que o desgaste dos pneus ocorre de forma natural por causa do contato direto com o solo nas mais diversas circunstâncias. Ainda assim, com conhecimento e cuidados extras, é possível adotar medidas que fazem sua duração aumentar e garantem uma viagem segura.

É incorreto pensar que somente no ambiente molhado e com chuva que os pneus carecas representam perigo. A falta de manutenção desse importante componente do veículo gera transtorno também em solo seco, aumentando o risco de acidente pelas razões a seguir.

Prejudica o tempo de frenagem

Um pneu em mau estado perde, em razão da falta ou diminuição em suas ranhuras, seu contato com o solo, necessário para um controle maior da direção e tempo de resposta em caso de frenagem. A falta do atrito de um pneu careca com o solo aumenta imediatamente a distância de frenagem antes da pausa total do veículo. Não é preciso ser um expert no assunto para saber que em uma situação de emergência o risco de colisão ou derrapagem aumenta muito.

Falta de estabilidade

O problema dos pneus carecas ataca novamente quando falamos em estabilidade e conforto. Quando atingimos uma velocidade um pouco maior, as trepidações e barulhos que as rodas passam a fazer podem causar desconforto aos passageiros. Além disso, o condutor não tem controle total do veículo, que ocorreria em um carro seguro.

Quando os pneus estão em situação crítica, passar por cima de um simples buraco já pode ocasionar o estouro do pneu. Nessa situação o custo com a manutenção posterior certamente vai ficar maior que a com a manutenção preventiva. 

Aquaplanagem

O pneu em contato direto com o solo precisa de aderência. Em dias chuvosos, em razão de uma camada de água que se forma na via, a aderência do veículo é naturalmente menor, e é por isso que os pneus possuem sulcos que permite a passagem dessa camada de água, garantindo a estabilidade do veículo.

Por outro lado, um pneu careca já perdeu os sulcos que fazem a água passar. Deste modo, simples manobras ou toques no volante podem fazer o veículo deslizar sem controle, o que é perigoso. Em velocidade padrão de uma rodovia, por exemplo, uma aquaplanagem pode resultar em um acidente sério.

A multa pelo pneu careca dói no seu bolso

Se mesmo os riscos acentuados pelos pneus em más condições não fazem você providenciar a troca, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) dispõe que rodar com pneus carecas ou sem condição de tráfego é ilegal e passível de multa, podendo resultar na apreensão do veículo até que a situação seja resolvida, ou seja, até que os pneus sejam trocados.

Toda essa situação vai trazer, além dos pontos na carteira pela infração grave de trânsito, um grande prejuízo para o seu bolso porque a multa será salgada, correndo risco de ter os custos com pátio em caso de apreensão, além, é claro, de ter que providenciar a troca, que também tem um custo, para que o veículo seja liberado.

Vale ressaltar que todo este alerta pode também ser aplicado ao estepe. Então fique de olho na manutenção do seu veículo!

Providencie a troca de pneus!

Em resumo, substituir os pneus aos primeiros sinais de desgaste e não ficar adiando a troca garante que todos os problemas de falta de segurança e multas sejam deixados de lado, conferindo tranquilidade ao rodar com seu veículo. Então não deixe de levar seu veículo para um check-up no Azul Serviços Automotivos para verificar se já está na hora de providenciar a troca de pneus. Conte sempre com a Azul Veículos!

Share: