Gasolina ou Etanol, qual combustível escolher?

Gasolina é o combustível mundial para carros de passeio, caracterizado pela octanagem. Ela é constituída de diversos hidrocarbonetos, que evaporam em diferentes temperaturas.

Já o etanol, por sua vez, é só um hidrocarboneto e evapora de uma vez. Tem mais octanagem, o que permite taxas de compressão maiores e mais potência. Por outro lado, seu poder calorífico é de 70% do poder da gasolina. Isso é o que gera esse número na hora de abastecer. Em geral, ele rende mais potência, mas precisa de mais litros para se equivaler à gasolina.

E então, qual a melhor opção?

O etanol tem uma queima mais limpa, forma menos carbonização, mas tem uma lubricidade menor que a gasolina, então há uma tendência em forçar mais a bomba de combustível. Por outro lado, o que é conhecido é que se a pessoa usa o carro em trajetos pequenos na cidade, e o motor nunca chega na temperatura ideal, há um risco que o etanol se dilua no óleo lubrificante, então é recomendado trocar o óleo com mais frequência nesses casos, tanto que é recomendado pelo manual dos veículos. O etanol é melhor para potência, agora em trajeto de cidade com o motor frio, a gasolina é mais apropriada.

É verdade que um carro flex não pode rodar somente com um combustível?

Isso é mito. A central eletrônica (ECU) dos carros flex atuais é capaz de identificar um ou outro combustível, e não tem problema algum só abastecer com um tipo. O que não é recomendado é esvaziar o tanque, abastecer e parar o carro poucos metros depois. Para que a central reconheça a mudança, é bom andar de 5 a 10 min., que é o tempo de aprendizado. Isso é pior quando se muda de gasolina para etanol, pois caso não se rode muito antes de desligar o carro, pode dar problema na partida no dia seguinte.

Share: